Estratégias de giro de mercadorias nas farmácias

Conhecer estratégias de giro de mercadorias nas farmácias é fundamental para quem quer manter o negócio lucrativo e ainda reduzir custos. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo o post de hoje!

Giro de produtos

Antes de entrarmos no tema estratégias de giro de mercadorias nas farmácias, vamos esclarecer o que é giro de estoque.

Basicamente, este parâmetro é utilizado para analisar a performance do estoque do estabelecimento. 

Observar este aspecto também permite avaliar quantas vezes durante o ano ocorre giro de mercadorias. Assim como o tempo médio em que os produtos permanecem em estoque.

Produtos que ficam muito tempo em estoque sofrem com risco de se danificar, perder a validade ou se tornar obsoletos. Utilizar estratégias de giro de mercadorias nas farmácias é, portanto, para fugir de prejuízos. Sejam financeiros ou dos produtos em si.

Estratégias de giro de mercadorias nas farmácias

Muitas farmácias mantém estoques sem nenhum parâmetro, armazenando um altíssimo volume de produtos que não tem saída.

Os estoques não podem ser tratados com tamanha negligência, afinal representam um dos maiores investimentos de qualquer negócio.

Geralmente, o que acontece é que os donos das farmácias acabam comprando os produtos para estoque simplesmente porque parece um bom negócio. Mas não adianta comprar insumos baseando-se apenas em estar ou não barato. É preciso que a mercadoria tenha giro.

Quando não se pensa nas estratégias de giro de mercadorias nas farmácias e foca-se apenas na negociação, o resultado pode ser um estoque parado. E estoque parado significa dinheiro perdido.

Para que você entenda melhor a importância das estratégias de giro de mercadorias nas farmácias, vamos pensar um pouco. Nesta relação, existem os fornecedores, o mercado e os clientes.

As farmácias precisam manter um estoque de produtos, que representam um valor monetário. Seja de medicamentos ou de perfumaria. E, em algum momento, é preciso pagar o fornecedor. 

Onde está o dinheiro para pagar o fornecedor? Algumas pessoas podem responder: no estoque! Mas não é possível encaixotar os produtos adquiridos deste mesmo fornecedor para pagá-lo. 

O que nos leva à conclusão que este dinheiro está, portanto, no mercado – e não no estoque. E o valor necessário para saldar esta dívida só é obtido depois que as mercadorias são vendidas. 

O que torna o giro imprescindível, já que sem ele você não consegue honrar os compromissos do estabelecimento. Além disso, sem o giro, a farmácia fica parada, torna-se estagnada.

Importância das estratégias de giro nas farmácias

Para fazer o giro da mercadoria, é preciso conhecimentos específicos sobre o assunto. Saber o que causa o giro dos produtos no contexto do estabelecimento em questão.

O motivo das mercadorias não terem saída pode ser devido à exposição. Ou então pode-se resolver o problema oferecendo alguns produtos em campanhas promocionais. Quem sabe até mesmo em ações diferenciadas no ponto de venda.

Tudo isso você pode aprender ao adquirir nossa consultoria web. Esta plataforma foi desenvolvida especialmente para auxiliar o gestor de farmácias. O melhor: oferece um curso específico para o giro de mercadorias em farmácias!

Sabemos que gerenciar um negócio deste tipo é uma tarefa que demanda muito tempo. E que conseguir estudar novos métodos pode ser complicado de encaixar em sua rotina.

Com nossa consultoria virtual, porém, você recebe orientações sobre todos os aspectos da farmácia. Além de poder contar com cursos específicos para refinar seus conhecimentos sobre o segmento.

Acesse este link para saber mais e preencha o formulário para aderir a esta consultoria capaz de revolucionar seu negócio!

Vamos conversar sobre a sua farmácia?